terça-feira, 18 de novembro de 2014

«Quem é chamado à Seleção é sempre titular» - Fernando Santos.

Questionado sobre a situação de Bruno Alves, que acabou por perder espaço no onze da Seleção Nacional com o regresso de Ricardo Carvalho, Fernando Santos desvalorizou e disse que são titulares todos os que são chamados a representar a equipa das Quinas.

«Não é uma questão de titularidade, é uma questão de ser ou não convocado. Quem é chamado à Seleção é sempre titular. Quem faz parte deste grupo deve considerar-se sempre titular, independentemente de a escolha do treinador recair num determinado jogador. Conheço bem o Bruno Alves, fui eu que o lancei na alta roda, e ninguém fica satisfeito quando não joga. Todos querem jogar e o Bruno não escapa à regra. É um profissional exemplar, sabe que confio nele, está aqui e sente-se titular», disse o selecionador na projeção do particular desta terça-feira com a Argentina, em Old Trafford.

Sobre Adrien, médio do Sporting que esteve igualmente na conferência de imprensa, Fernando Santos não abriu o jogo: «Têm de esperar por amanhã. Não vão jogar todos. Até amanhã vou decidir.» 

Aberta ficou a porta para algumas estreias na Seleção A: «Pode acontecer, não apenas pelo objetivo de promover novos internacionais. Confio em todos os jogadores que fazem parte deste lote de convocados e, se a oportunidade surgir e se eu o entender, poderá haver a possibilidade de alguns jogadores que nunca foram internacionais pela Seleção virem a sê-lo.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário