terça-feira, 18 de novembro de 2014

«Se só marcarmos Messi vamos ter muitos problemas» - Fernando Santos.

Portugal vai manter a filosofia de jogo frente à Argentina, adversário que Fernando Santos vai encarar da mesma forma como a Arménia: sem adaptações nem marcações homem a homem.

«Temos uma forma de jogar, não somos uma equipa que se adapta aos adversários. Com a qualidade dos jogadores que temos, isso não faria sentido. A Argentina também não se irá adaptar a Portugal, fará o seu jogo, manterá a filosofia e nós iremos fazer o mesmo», disse o selecionador nacional na projeção do encontro particular desta sexta-feira em Old Trafford.

E manter a filosofia é dar atenção à Argentina como um todo sem atenções redobradas com Lionel Messi: «Não vamos fazer marcações homem a homem. Não vamos designar ninguém para marcar Messi, apesar de sabermos da qualidade dele. Teremos de ter alguma atenção a ele mas também com a equipa toda da Argentina. Se só marcarmos Messi, vamos ter muitos problemas. Temos de estar focados e não dar espaços a Messi nem a outro qualquer jogador argentino. Mas vamos procurar evitar que ele (Messi) faça estragos, é óbvio».

«Não há jogos menos importantes»

Fernando Santos promete equipa empenhada frente à Argentina, como se de um jogo de qualificação se tratasse: «Não há jogos menos importantes: uns valem pontos, outros não. Quanto se entra em campo com a camisola do País, todos os jogos são importantes. Os jogadores são responsáveis e profissionais e estão focados no jogo com a Argentina. Vamos ser uma equipa empenhada, que entra em campo sempre com a ambição de ganhar. Vai ser um jogo difícil, entre duas grandes equipas mundiais com jogadores de grande qualidade, mas vamos colocar tudo em campo para vencer.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário