domingo, 3 de junho de 2012


Costinha (foto ASF)
«Frente à Alemanha a Seleção vai estar no ponto» – Costinha.

O antigo internacional português Costinha está confiante que a Seleção Nacional irá corresponder às expectativas criadas no Euro-2012.


«Não. Foram dois jogos amigáveis, que serviram para preparar a Seleção para um torneio importante. Obviamente que a finalização foi um aspeto menos positivo deste tempo em que estiveram juntos, mas frente à Alemanha a equipa vai estar no ponto e saberá a importância que tem este torneio: quando tiverem oportunidade de fazer golo, farão», afirmou Costinha.


O ex-médio do FC Porto analisou os problemas revelados pela Seleção: «Falta um jogador central, com uma voz mais importante dentro da Seleção. Sem tirar o valor ao Miguel Veloso, que o tem, o Custódio nos poucos minutos que esteve em campo trouxe uma consistência diferente ao meio-campo de Portugal. Até porque é um jogador muito mais posicional. Todos os jogadores da seleção têm valor e assim todos podem ser titulares. Paulo Bento, mais do que ninguém, saberá o que pretende para a sua equipa. Custódio é um jogo diferente de todos os outros que há para o meio-campo. Miguel apenas precisa de adaptar as suas características àquilo que é o jogo da Seleção.


Costinha também analisou a questão da ausência de um goleador: «O Hugo é um excelente jogador, assim como o Postiga o é e até o Ronaldo pode jogar naquela posição. O Nelson Oliveira é um miúdo que está a crescer e que pode trazer alguma irreverência ao ataque português e aquilo que temos de fazer é acarinhar a nossa seleção para que estejam contentes e prontos para o primeiro jogo».


O antigo internacional português não tem dúvidas da qualidade de Portugal: «Não é por causa destes dois jogos que vamos colocar tudo em causa. Desde a entrada do Paulo Bento que a seleção apresenta um nível de jogo e uma consistência melhores. Frente à Turquia, e como disse o treinador e bem, apenas pecámos na finalização. Como diz o Ronaldo, que venha todo o mal agora para depois no Europeu correr melhor».

Nenhum comentário:

Postar um comentário