terça-feira, 28 de abril de 2015

«O mais importante é ter a Seleção no Europeu» - Fernando Santos

O Selecionador Nacional, Fernando Santos, assegurou que não vai gerir jogadores na convocatória para o encontro com a Arménia, marcado para 13 de junho, que coincide com o Europeu de sub-21, na República Checa. A prioridade é o apuramento para o Euro-2016.

«Não vou fazer gestão, essa não é a regra. O mais importante para o futebol português é que a Seleção esteja no Europeu, em França. A Federação vive do sucesso de ter uma equipa numa fase final, senão aparecem problemas económicos. Será sempre o primeiro pensamento», afirmou o treinador esta segunda-feira, em Santarém, à margem do Fórum do Treinador Futebol/Futsal.

Fernando Santos tem mantido conversas com Rui Jorge, treinador dos sub-21, e com Ilídio Vale, coordenador da formação, sobre o jogo na Arménia e as participações de Portugal no Mundial de sub-20 e no Europeu de sub-21. Sem referir nomes, o selecionador admite contudo deixar de fora jogadores que corram o risco de não jogar muito na equipa principal e que possam ser mais-valias nos sub-21.

«Existem jogadores que se interligam nestas competições e vamos ponderar o que é credível fazer. Aqueles que eu entender que têm 50 por cento ou mais possibilidades de jogar na Seleção Nacional, até dia 13 estarão sempre com a equipa nacional. Aqueles que entender que não vão jogar tanto podem ficar com os sub-21», esclareceu Fernando Santos.

O próximo jogo de Portugal está marcado para Erevan, capital da Arménia a 13 de junho. A equipa técnica está em fase de observações e realçou que nenhum jogador está de fora:

«Os jogadores não têm de jogar todos os jogos, têm de competir com regularidade. É preciso ter minutos. Ninguém está excluído.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário