terça-feira, 24 de junho de 2014

Ricardo Costa: «Todos devem acreditar ou então íamos embora hoje»

Apesar das contas serem muito complicadas para Portugal no que respeita ao apuramento para os oitavo-de-final do Mundial'2014, Ricardo Costa mantém a confiança na passagem e lembra que todos devem alinhar por essa ideia.

"Enquanto matematicamente for possível teremos de alimentar a esperança. Todos os portugueses devem acreditar ou então íamos embora hoje", disse o central, em conferência de imprensa, sublinhando que conhece bem o Gana, adversário de quinta-feira:  "temos feito análise de todos os adversários, todos os jogadores têm uma pen para ver as equipas adversárias. São muito rápidos, muito verticais e gostam de jogar pelos flancos. Colocam muita gente no ataque e podemos aproveitar essa descompensação."

Portugal precisa que não haja empate no encontro entre Alemanha e EUA e Ricardo Costa acredita que os jogadores destas duas seleções terão honra para não "combinar" o resultado: "Acreditamos que as outras seleções vão lutar para ganhar. Ao intervalo saberemos o resultado e durante a 2.ª parte estaremos mais preocupados com isso, consoante também o nosso resultado (...) quanto és treinador de grandes seleções tens de respeitar o fair-play. Só pode estar à frente de uma seleção dessas quem tem dignidade. Se não vais para casa jogar com os teus filhos. A Alemanha vai atuar com outros jogadores mas esses vão querer ganhar e mostrar por que motivo estão nos 23."

Nenhum comentário:

Postar um comentário