domingo, 15 de junho de 2014

«Posso fazer a diferença mas não carrego a equipa às costas» - Cristiano Ronaldo.

Cristiano Ronaldo diz-se a 100 por cento para o início do Mundial mas revela que ainda sente dores, tal como se tem passado ao longo da carreira.

«Queria estar a 110 por cento. Estou só a 100 mas acho que isso é suficiente para ajudar a seleção. Os problemas já estão ultrapassados. Se estou a treinar há já algum tempo é porque estou bem. Queria estar sem dores mas isso é impossível. Desde que jogo que não há dia em que não tenha dores. Mas estou preparado, estou bem, com muita vontade. Um jogador não faz uma equipa. Estou na seleção para ajudar. Posso fazer a diferença mas não carrego a equipa às costas», afirmou o capitão da seleção nacional na conferência de imprensa de antevisão do jogo frente à Alemanha.

Cristiano Ronaldo referiu-se ainda aos adeptos brasileiros da seleção portuguesa: «Aproveitar para agradecer o apoio do povo brasileiro. Espero que isso possa acontecer durante todo o Campeonato. Muito obrigado pelo apoio tanto no sítio em que estamos (Campinas) como aqui (Salvador). Também lhes queremos dar uma alegria.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário