segunda-feira, 16 de junho de 2014

«A vida está muito difícil para os defesas» - Bruno Alves.

O defesa-central da Seleção Nacional considera que a derrota (4-0) frente à Alemanha, no primeiro jogo do Grupo G do Campeonato do Mundo, não espelha a diferença entre as duas seleções.

«O futebol é muito duro. Pensávamos que tínhamos o jogo controlado. Entrámos bem e, de um momento para o outro, tudo mudou. Agora, é preciso continuar a trabalhar e seguir em frente para apresentar melhor futebol no próximo jogo. Não acredito que esteja tudo mal por causa desta derrota e acredito que temos qualidade para ganhar os próximos jogos e atingir os nossos objetivos», disse.

«Não acredito que seja esta a diferença entre as duas equipas, mas é nestes momentos que se vê quem tem caráter. É claro que um resultado destes pode prejudicar se for preciso recorrer à diferença de golos para determinar a qualificação», prosseguiu.

Sobre a expulsão de Pepe: «A vida está muito difícil para os defesas. Se calhar, é preferível jogar só com médios e avançados, mas não foi causa do árbitro que perdemos. Há muitas simulações, o que torna as coisas mais difíceis para os defesas.»

«Cristiano Ronaldo está bem. Mais cedo ou mais tarde as coisas vão aparecer para ele. Ele hoje tentou, rematou à baliza, mas, para os grandes jogadores, como ele, as coisas acontecem naturalmente», concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário