sábado, 29 de março de 2014

NOVO EQUIPAMENTO ALTERNATIVO

Equipamento branco e azul oferece um visual sofisticado. Está disponível ao público a partir de dia 3 de abril.

O novo equipamento alternativo de Portugal para 2014 é, de acordo com a Nike, "elegante e luxuoso, inspirado pelo melhor desempenho em termos de inovação".

“Quisemos dar a Portugal um look clássico e sofisticado no seu equipamento alternativo, captando a extravagância e o brilho do futebol que os levou à qualificação para o Brasil”, refere Martin Lotti, diretor criativo da Nike Football.

Com a camisola alternativa branca, os designers da Nike quiseram dar a Portugal um look elegante e feito à medida. 

A nova camisola apresenta uma única gola com dois níveis e punhos azuis. Ao lado do símbolo da Federação Portuguesa de Futebol estão os anos 1914 e 2014, em comemoração do seu centenário.

No interior da gola, junto ao pescoço é apresentada a Ordem de Cristo, cruz portuguesa evocativa que presta homenagem à gloriosa história marítima do país. A cruz estava brasonada nas velas dos barcos dos grandes exploradores portugueses do século XV. 

O nome e os números nas costas da camisola do equipamento alternativo de Portugal foram especialmente criados e inspirados nos tipos de letra antigos, usados na simbologia tradicional portuguesa. O resultado é uma fonte moderna e ao mesmo tempo Art-Déco. 
Os novos calções são azuis. Simples e icónicos, o ajuste é mais fino e mais justo ao corpo, com um corte concebido especificamente para ajudar ao movimento e conforto. Na parte de trás, ao centro, os calções apresentam aberturas a laser para auxiliar à ventilação e à gestão da humidade. As novas meias do equipamento alternativo são brancas.

 “O novo equipamento alternativo é impressionante, o branco tem muito estilo e mal posso esperar por o usar em campo” refere Cristiano Ronaldo, capitão da Selecção Nacional. “É a maior honra representar o país enquanto futebolista e vou utilizar o equipamento nacional com orgulho. Tenho a certeza que este novo equipamento vai dar a toda a equipa confiança para jogar pela nossa nação.”

Sustentabilidade ambiental

Em linha com o compromisso da Nike de garantir uma performance superior com menor impacto ambiental, a camisola, os calções – e pela primeira vez num equipamento nacional, as meias – o tecido é feito a partir de garrafas de plástico recicladas (polyester 100% reciclado nos calções, 96% reciclado na camisola e 78% nas meias).

Cada equipamento é feito usando uma média de 18 garrafas de plástico recicladas. Desde 2010, a Nike retirou mais de 2 mil milhões de garrafas de aterros, o suficiente para cobrir mais de 2800 campos de futebol.

“Incorporar a sustentabilidade ambiental é  a chave no processo de design e desenvolvimento”, afirma Lotti. “O nosso objetivo é criar um equipamento que seja bom para os jogadores e bom para o planeta”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário