terça-feira, 4 de março de 2014

«Jogadores menos experientes não têm de fazer o jogo da vida deles» - Paulo Bento.


William Carvalho, Rafa e Ivan Cavaleiro, os delfins na convocatória de Paulo Bento para o jogo com os Camarões, não vão ter qualquer tipo de pressão no derradeiro ensaio da Seleção Nacional antes do Mundial. «Devem desfrutar», aconselha Paulo Bento.

«O jogo não será um teste para os jogadores menos experientes. Não há qualquer tipo de pressão. Devem sentir alegria, satisfação e orgulho por representar a Seleção Nacional. Não têm que pensar que terão de fazer o jogo da vida deles, mas sim desfrutar. A pressão será zero, a exigência é dar tudo o que têm e quando é assim a mais não são obrigados», frisou o selecionador nacional, em conferência de Imprensa.

«Não quero que os jogadores me impressionem. Peço compromisso, ambição, vontade enorme de fazer as coisas bem e fazer tudo para ganhar. Nada precisam de fazer de transcendente para me impressionar», reforçou.

Com apenas dois treinos para preparar o ensaio com a seleção africana, considera Paulo Bento que os 90 minutos de jogo poderão «ser a melhor maneira de observar e sentir em competição» os mais novos.

«Vimo-los ontem em ação [no treino] e aproveitámos para falar sobre algumas questões que achamos pertinentes, já que para alguns é a primeira vez na Seleção», explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário