segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

RONALDO CONDECORADO


Ronaldo condecorado
O capitão da Seleção foi condecorado pelo Presidente da República com o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, condecorou esta segunda-feira o capitão da Seleção Nacional, Cristiano Ronaldo, com o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, numa cerimónia que decorreu no Palácio de Belém.

Cavaco Silva justificou a decisão de condecorar Cristiano Ronaldo com uma das maiores honras do Estado Português pelo seu contributo na projeção internacional do país.

Cristiano Ronaldo recebeu o prémio “com grande orgulho e “muita felicidade”. O capitão da Equipa das Quinas explicou que esta distinção que dará mais “motivação para continuar a representar Portugal ao mais alto nível”. 

Para o capitão da Seleção “ser campeão do mundo seria melhor que ter ganho a Bola de Ouro. Ganhar o título mundial seria o culminar de uma carreira”.

Na cerimónia marcaram presença o Presidente da FPF, Fernando Gomes, os vice-presidentes, Humberto Coelho e Hermínio Loureiro, o diretor, João Vieira Pinto, o diretor-geral, Tiago Craveiro, o Selecionador Nacional, Paulo Bento, e o diretor desportivo, Carlos Godinho.

A condecoração de Cristiano Ronaldo estava inicialmente agendada para o dia 7 de janeiro, mas foi adiada devido ao falecimento de Eusébio da Silva Ferreira no dia 5 de janeiro.

Assim, a cerimónia ocorreu uma semana depois de o jogador ter sido distinguido com a Bola de Ouro da FIFA do ano de 2013.

Para além de Cristiano Ronaldo, apenas três desportistas receberam esta distinção: Carlos Lopes (1984), Aurora Cunha e José Mourinho (ambos em 2005).

"Um jogador único no Mundo"
O Presidente da República agradeceu  a Cristiano Ronaldo o contributo que tem dado na projeção do nome de Portugal, sublinhando que o futebolista é "um jogador único no mundo".

"Cristiano Ronaldo, agradeço-lhe o contributo que tem dado à Seleção Nacional, agradeço-lhe o contributo que tem dado para a difusão do nome de Portugal no mundo, agradeço-lhe aquilo que representa para os portugueses, as alegrias que lhes tem trazido", afirmou o chefe de Estado.

Sublinhando o rigor e profissionalismo que Cristiano Ronaldo alia a "um talento indiscutível", Cavaco Silva disse ser a combinação entre "trabalho, disciplina, determinação e vontade de vencer" que faz do futebolista "um jogador único no mundo".

"Expressão máxima daquilo que Cristiano Ronaldo tem feito"
Para o Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, a distinção “representa a expressão máxima daquilo que Cristiano Ronaldo tem feito ao longo dos anos em que tem representado a Seleção, um pouco como embaixador de Portugal em todo o Mundo”.

Fernando Gomes destacou o “caráter”, a “dedicação” e o “profissionalismo” do avançado, que constituem um exemplo tanto para os colegas de equipa como para os “imensos jovens que querem fazer do futebol a sua atividade no futuro”.

Fotos: FPF/Diogo Pinto

Nenhum comentário:

Postar um comentário