sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Golear o Luxemburgo e esperar por deslize russo


O sonho do primeiro lugar no Grupo F ficou mais longe, mas não é um cenário impossível. É certo que é necessária uma conjugação de resultados anormal, mas no futebol... tudo pode acontecer.

Assim, primeiro de tudo, Portugal tem de esperar por uma deslize da Rússia na visita ao Azerbaijão. A formação russa terá necessariamente de sair de Baku - onde Portugal venceu a muito custo por 2-0 - com uma derrota, para que a Seleção Nacional consiga sonhar com a entrada direta...

Depois, vem a outra parte da questão, aquela que depende dos pupilos de Paulo Bento. Se Portugal vencer, como se espera, na receção ao Luxemburgo, e os russos perderam, as duas equipas ficam empatadas com o mesmo número de pontos (22). Segue-se depois o desempate no segundo critério, que aponta para a melhor diferença de golos em todos os jogos do grupo. E aí a situação não é famosa para as cores lusas.

Se a Rússia tem +15, Portugal apenas tem +8, pelo que é necessária, à partida, uma vitória bem gorda na partida de Coimbra. Assim, se a Rússia perder por 1-0 em Baku, Portugal é primeiro se vencer por 6-0; se a Rússia perder por 2-0, Portugal tem de ganhar por 5-0; e por aí adiante...

Nenhum comentário:

Postar um comentário