terça-feira, 6 de agosto de 2013

"O grupo não está fechado" - Paulo Bento.


Paulo Bento (foto ASF)
Depois de revelar os 23 convocados para o particular com a Holanda, a 14 de agosto, no Estádio do Algarve, Paulo Bento lembrou que as portas da Seleção Nacional não estão fechadas para nenhum jogador. 

«Temos mantido a estabilidade ao longo dos tempos, tendo em conta a qualidade dos jogadores e o rendimento que oferecem. Vamos continuar a observar e não fechamos a porta da Seleção a nenhum elemento. O grupo não está fechado, trata-se de manter essa estabilidade que temos e construímos. Todos têm de trabalhar nos clubes para termos um leque de escolhas mais abrangente. É natural que queiramos estabilidade, até porque temos pouco tempo para trabalhar e estes jogadores estão identificados com a nossa forma de jogar», explicou em conferência de imprensa.

Paulo Bento explicou porque deixou de fora André Martins, médio do Sporting que fez a estreia na Seleção A no último particular com a Croácia: «Dentro do que pretendemos para o jogo da Holanda, foi o jogador que entendemos prescindir por questões táticas.»

Sobre a chamada de Nani, jogador que tem sido pouco utilizado no Manchester United: «É natural que tenha de recuperar ritmo competitivo. Entendemos trazê-lo porque é um jogador de enorme qualidade e pode recuperar o lugar que já foi seu na Seleção.»

Questionado se o regresso de Pepe, que falhou a última convocatória devido a castigo, retira espaço a Luís Neto: «Pepe vem aumentar o número de soluções, é um jogador com potencial e enorme liderança. Não retira espaço a outros, acrescenta qualidade porque é um dos melhores defesas-centrais do Mundo.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário