sexta-feira, 7 de junho de 2013

«Fazer contas desgastam sem necessidade» - Paulo Bento


Paulo Bento (foto ASF)
O treinador da Seleção Nacional considera que Portugal está a fazer uma qualificação dentro do normal, semelhante aos apuramentos para os últimos campeonato da Europa e do Mundo.

«É normal que Portugal queira estar em primeiro lugar. Disse que o objetivo era estar no Brasil, de preferência no primeiro lugar, mas está difícil e temos de pensar no play-off. O resto, não depende de nós. O que disse na última conferência de imprensa tem a ver com a história da Seleção. Perdemos alguns pontos nas qualificações para os Europeus e Mundiais que passaram. Portugal pode ainda fazer 23 pontos e ficar em segundo. Acho que estamos dentro da realidade do que tem sido as nossas qualificações.»

«É histórico na Seleção sentir dificuldades para gerir situações de sucesso, como é ter dificuldades nos jogos em que nos sentimos favoritos. Isso é histórico - faz parte da nossa identidade. Mas queremos mudar mas há coisas que não se conseguem fazer de um momento para o outro.»

«Não fiz contas porque estamos com seis jornadas disputadas. Não quis correr esse risco, nem que os jogadores corressem esse risco porque fazer contas desgastam-nos sem necessidade.»

Sobre Luís Neto: «Fez um bom jogo. Teve momentos muito bons, de eficácia defensiva extremamente elevada mas teve também erros normais de quem fez primeira internacionalização e de carga emocional elevada.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário