segunda-feira, 27 de maio de 2013

"Ainda não encontrei o momento adequado para os jogos da Seleção" - Paulo Bento.


Paulo Bento (foto ASF)
O selecionador nacional foi pragmático quando questionado, em conferência de Imprensa, se esta seria a altura ideal para o crucial jogo com a Rússia, referente à qualificação para o Campeonato do Mundo, devido ao cansaço acumulado dos jogadores na sequência do desfecho dos vários campeonatos. 

«Ainda não encontrei o momento adequado para os jogos da Seleção. Se é em agosto, é porque estamos no início da época; em setembro, é porque começa a Liga dos Campeões; (...) nesta altura é porque estamos no final da temporada. Não temos outra possibilidade. No dia 29 (maio) começamos a trabalhar com 16 jogadores e só no dia 3 (junho) teremos o grupo completo. Este jogo com a Rússia é extremamente importante e é fundamental conseguirmos os três pontos. Não podemos pensar noutros aspetos e não será por mais um jogo que se notará o cansaço. Há que mudar o chip em relação à temporada (nos clubes) e concentarmo-nos no nosso compromisso que é estar no Brasil em 2014», disse Paulo Bento, reconhecendo que o embate com a Rússia devia mesmo acontecer no seguimento do desfecho dos campeonatos:

«É o que acontece com o nosso adversário: acabou o campeonato ontem, tem agora a final (Taça da Rússia) entre o Anzhi e o CSKA e começa depois a preparar o jogo. Devido à disparidade dos jogadores que temos pelos vários campeonatos europeus, temos mais dificuldade em fazer esse tipo de trabalho. Mas há um factor importante, que é preciso agradecer aos clubes, que foi a disponibilidade para manter os jogadores em ritmo de treino. Tentaremos prepararmo-nos nesta semana mas essa questão não deixa de ser um “handicap” que, porém, não servirá de desculpa. Tivemos a mesma situação no ano passado no jogo com a Noruega.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário