sexta-feira, 12 de outubro de 2012


Paulo Bento considerou que o resultado não foi justo.
Paulo Bento considerou resultado injusto. 

Após o jogo de qualificação para o Campeonato do Mundo Brasil 2014, em Moscovo, que a Selecção Nacional perdeu diante da Rússia (0-1), o Seleccionador Nacional, Paulo Bento, explicou que “o futebol é um jogo de erros”, referindo-se a algumas falhas da Equipa das Quinas. “Alguns momentos acabam por nos penalizar mais do que outros, mas não podemos nem devemos reduzir o jogo ao erro do Ruben [Micael]. Ao longo do jogo cometemos mais erros”, analisou, considerando que Portugal fez “uma primeira parte melhor do que a segunda. Tivemos uma boa reação à desvantagem. O resultado no final da primeira parte e dos 90 minutos não é justo.” 

Paulo Bento analisou que “a Rússia, como fez noutros jogos, baixou um pouco mais as suas linhas e tentou sair em contra-ataque, no homem da frente. Esse momento, de transição ofensiva do adversário, foi bem controlado pela nossa parte. Em termos de oportunidades de golos e qualidade de jogo não me parece que o adversário tenha sido melhor do que nós.” 

Já a pensar no próximo jogo, a 16 de Outubro, pelas 20h45, diante da Irlanda do Norte, no Estádio do Dragão, o técnico destacou que “agora é ganhar na terça-feira. Queremos ganhar sempre os jogos”, rematou. 1B.Alves: "Rússia não foi melhor" Bruno Alves defendeu que “não subestimamos nenhuma equipa. Trabalhámos muito, mas saímos daqui derrotados. Não foi justo. A Rússia não foi melhor do que nós. Tivemos as melhores oportunidades, dominámos em toda a segunda parte.” 

O defesa central sabe que “nada está perdido. Temos ainda muitos jogos pela frente e queremos garantir a qualificação.” 1Em relação ao facto de o jogo ter sido disputado em relvado sintético, Bruno Alves considerou que “é um terreno de jogo, difícil, ao qual não estamos habituados, mas demonstramos a nossa qualidade, tivemos foi alguma infelicidade.” 

Com baterias apontadas para o próximo jogo, sublinhou que “a nossa intenção é sempre jogar bem e ganhar. Contamos com o apoio dos portugueses na terça-feira”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário