sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Paulo Bento ficou satisfeito com o jogo de preparação diante do Panamá
Ilações positivas.

Declarações de Paulo Bento à RTP, após o jogo entre Portugal e o Panamá, que decorreu no Estádio Algarve:

“Até certo momento do jogo conseguimos treinar a nossa forma de jogar, mais em termos ofensivos, enquanto em termos defensivos utilizámos uma estratégia diferente da fase de qualificação para o Europeu e mesmo durante a prova na Ucrânia e na Polónia. Essa mudança teve a ver com o momento da temporada e com o jogo mais direto do adversário, o que nos fez baixar mais as linhas e executar a pressão mais atrás, de modo a que o adversário pudesse elaborar mais o seu jogo para sairmos em contra-ataque.

Fizemos uns bons 45 minutos, mas a partir do 2-0 e, sobretudo, depois da expulsão do jogador panamiano, as coisas foram diferentes. Não que tivéssemos perdido qualidade, mas perdemos concentração e quando isso acontece permitimos mais contra-ataques ao adversário, temos a bola mais tempo no pé do que devíamos e a propensão para individualizar aumenta.

Seja como for, tirei ilações positivas deste jogo pela seriedade com que a equipa o encarou e pelas indicações que retirei tendo em vista os jogos que aí vem de qualificação para o Mundial. Vou procurar manter a estabilidade a nível das escolhas e na constituição da equipa, mas a fase qualificação estende-se por mais de uma temporada e não fecho a porta a quem quer que seja. Chamarei os jogadores que entender melhor defenderem o interessa da Selecção”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário