sexta-feira, 1 de junho de 2012


Ronaldo e Paulo Bento (foto ASF)
«Ronaldo não pode resolver todos os nossos problemas» - Paulo Bento.


Para o selecionador nacional, Cristiano Ronaldo não pode sentir-se pressionado a resolver todos os problemas de Portugal no Campeonato da Europa mas espera que o avançado faça a diferença na Seleção, tal como fez no Real Madrid durante a época.


«Não vamos dar, nem a Ronaldo, nem a ninguém, a responsabilidade de resolver todos os nossos problemas, mas esperamos que resolva alguns. Não se pode comparar o rendimento de um jogador no clube com o rendimento na seleção, e era bom que se deixasse de o fazer. No caso do Ronaldo, é um jogador que faz uma enorme diferença no clube. Não nos poderíamos queixar se fizesse o mesmo ao serviço da Seleção», disse Paulo Bento em conferência de Imprensa, sublinhando que tenta «gerir da melhor forma» a condição física e psicológica do internacional português:


«Treinou sempre e treinou bem e tentamos gerir essa pressão. Como equipa, queremos jogar bom futebol e ser agressivos. Temos vários jogadores, entre eles o Ronaldo, que podem resolver problemas. Fá-lo no Real Madrid e esperamos que o faça aqui. Não pode é fazer tudo.»


Paulo Bento considera que a atuação de Ronaldo no Europeu não terá qualquer influência na atribuição da Bola de Ouro, prémio que distingue o melhor jogador a atuar nos campeonatos do Velho Continente: «Ronaldo fez uma época extraordinária, em termos de golos e assistências, e isso traduziu-se na conquista de uma das provas mais importantes, que é a Liga espanhola. Acredito que isso, por si, fará com que possa ser considerado o melhor jogador do Mundo. O Europeu não vai entrar nessa discussão. Espero que tenha um bom rendimento mas não vai influenciar em nada.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário