sábado, 15 de outubro de 2011

Paulo Bento comanda a Selecção Nacional - Clube Portugal

“Nas nossas mãos”.


Na reacção ao sorteio de Cracóvia, referente ao “Play-off” de qualificação para o Campeonato da Europa de 2012, o Seleccionador Nacional, Paulo Bento, destacou que nada está garantido para esta eliminatória.


"Não gosto que sejamos catalogados como favoritos para este embate", referiu ao UEFA.com. "Sabemos que tudo pode acontecer e tenho um enorme respeito pela Bósnia. Trata-se de uma selecção que evoluiu bastante e que quer ir ainda mais além."


"Se recordarmos os nossos dois jogos frente à Bósnia no “Play-off” de apuramento para o último Mundial, é verdade que vencemos ambos por 1-0, mas sabemos que temos de ter muito cuidado. Uma das primeiras coisas que vou fazer quando chegar Portugal é ver o França-Bósnia - ficarei a saber muito mais sobre os nossos adversários. A nossa fé no apuramento ainda é muito forte e estamos muito empenhados em agarrar esta oportunidade. Está tudo nas nossas mãos e temos qualidade suficiente para garantir a qualificação."


Registo nos "play-off"
O "play-off" de apuramento para o Campeonato do Mundo da África do Sul foi o primeiro que as duas nações disputaram e constitui, igualmente, o único frente-a-frente entre ambas a nível do escalão sénior. As selecções alinharam da seguinte forma, em cada uma das mãos:


Primeira mão: 14/11/2009, Lisboa
Portugal 1-0 Bósnia-Herzegovina (Bruno Alves, 31’)


Portugal: Eduardo, Bruno Alves, Paulo Ferreira, Duda, Ricardo Carvalho, Liedson, Deco (Tiago 84), Simão (Hugo Almeida 88), Pepe, Raul Meireles, Nani (Fábio Coentrão 69).


Bósnia-Herzegovina: Kenan Hasagiæ, Emir Spahiæ, Samir Muratoviæ (Miralem Pjaniæ 87), Elvir Rahimiæ, Sanel Jahiæ, Zvjezdan Misimoviæ (Zlatan Muslimoviæ 81), Edin Džeko, Safet Nadareviæ, Vedad Ibiševiæ, Sejad Salihoviæ, Senijad Ibrièiæ.




Segunda mão: 18/11/2009, Zenica
Bósnia-Herzegovina 0-1 Portugal (Raul Meireles, 56’)


Bósnia-Herzegovina: Kenan Hasagiæ, Boris Pandža, Zlatan Bajramoviæ (Džamal Berberoviæ 83), Sanel Jahiæ, Haris Medunjanin (Zlatan Muslimoviæ 46), Senijad Ibrièiæ, Edin Džeko, Safet Nadareviæ, Vedad Ibiševiæ, Sejad Salihoviæ, Miralem Pjaniæ.


Portugal: Eduardo, Bruno Alves, Paulo Ferreira, Duda, Ricardo Carvalho, Tiago, Liedson (Miguel Veloso 90+1), Simão (Deco 80), Pepe, Raul Meireles, Nani (Edinho 73).

Nenhum comentário:

Postar um comentário