sexta-feira, 25 de março de 2011

Paulo Bento falou aos jornalistas em conferência de imprensa

Merecer o apoio do adeptos


Paulo Bento afirmou que a Seleção Nacional ainda não está na fase de pedir algo aos adeptos mas no tempo de dar.


“Parece-me que os dois jogos com a Dinamarca e a Islândia trouxeram-nos outro olhar para o objectivo principal que é estar no Euro2012. Uma situação que está um pouco menos difícil. Isso foi importante para trazermos as pessoas para o nosso lado. Mas temos que manter este nível de responsabilidade e de continuar a dar. Se nestes dois jogos conseguirmos dar muito do que podemos fazer, se calhar, já podemos pedir algo para 4 de Junho, apesar de as coisas estarem difíceis”, acrescentou.


O Selecionador Nacional tem todo os convocados a cem por cento, mas garantiu que terá “bom senso” na gestão do esforço nos particulares com o Chile e a Finlândia.


“A mim demonstraram-me que estavam a cem por cento, pela forma como se empenharam. Sabemos que temos dois jogos em Março, por isso, fizemos uma convocatória mais alargada. Deste lado, equipa técnica, tem o bom senso necessário e a competência para saber o que tem de fazer em cada jogo e que há apenas dois dias de repouso. Teremos isso em consideração, mas sem prejudicar a Selecção”, afirmou.


Em conferência de imprensa, Paulo Bento disse que Ricardo Carvalho, Nani e Sílvio, que fizeram gestão de esforço na quarta-feira, no início do estágio, estão em condições de jogar no sábado, frente ao Chile.


“Os treinos decorreram como pretendíamos, trabalhámos o que queríamos. Os jogadores foram de uma atitude e entrega extraordinária. Ambiente bom, positivo, de ambição, pelo que queremos jogar bem e ganhar”, afiançou.
No sábado, enquanto Portugal joga com o Chile, a Dinamarca e a Noruega defrontam-se e, caso os dinamarqueses não percam, Portugal fica dependente de si próprio no Grupo H para se qualificar directamente para o EURO 2012.


“Amanhã [sábado] estarei focado no nosso jogo. Não podemos fazer nada no Dinamarca – Noruega, a não ser esperar. Queremos fazer dois bons jogos e prepararmo-nos bem para 4 de Junho. Neste momento, Portugal ainda não depende só de si. A única coisa em que dependemos de nós é chegar ao ‘play-off’”, disse.


A falta de Cristiano Ronaldo, lesionado, é “uma ausência que nenhum treinador quer”, mas Paulo Bento admitiu que “com um jogador como o Ronaldo a Seleção fica mais fortes, mas não quer dizer que não seja forte sem ele”.


Portugal defronta o Chile sábado, no Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, e terça-feira joga com a Finlândia, no Estádio Municipal de Aveiro, com ambos os encontros agendados para as 20:45.

Nenhum comentário:

Postar um comentário