terça-feira, 11 de novembro de 2014

«Temos uma mágoa na geração de ouro» - Vítor Baía.

No dia em que a Seleção Nacional se concentrou para preparar o jogo com a Arménia e o particular com a Argentina, Vítor Bahía referiu que os clubes em Portugal terão que apostar mais na formação e admitiu ter ficado com alguma mágoa por não ter ganho nenhum título enquanto internacional potuguês.

«Nós temos uma mágoa na geração de ouro que é a de não termos conseguido nenhum título importante. Parte de nós teve quase a consegui-lo em 2004. Isso requer condições e um trabalho de base», disse o antigo capitão, em entrevista à Antena 1.

Vítor Baía, salientou que nem tudo foi mau na era Bento e que Fernando Santos abriu um novo ciclo.

Quanto ao futebol português, o ex-jogador entende que a formação é crucial para que o futebol português mude. «Os dirigentes dos principais clubes têm de mudar a sua filosofia de gestão. Não há salvação do nosso futebol sem formação. Há que apoiar, gerir e acreditar nos jovens», referiu, acrescentando que Portugal tem «jovens de qualidade que podem vir a ser referências».

Nenhum comentário:

Postar um comentário