terça-feira, 18 de novembro de 2014

«O que fica para a história é o resultado» - Beto.

Beto reconhece que a exibição de Portugal no jogo com a Argentina ficou aquém do desejado, mas lembra que, no futuro, será a vitória por 1-0 a merecer honras de destaque.

«Senti-me bem e feliz por voltar a jogar e representar a seleção do meu País. É um motivo de orgulho e grande felicidade. Senti-me tranquilo e confiante com jogadores que já conheço há muitos anos. Não é uma novidade para mim», começou por afirmar o guarda-redes.

«Não encontrámos o equilíbrio que queríamos, mas anulámos os pontos fortes da Argentina. Não tivemos a posse de bola que desejávamos, mas no cômputo geral fizemos um bom jogo. Não foi o nosso melhor jogo, mas o que fica para a história é a vitória. É mais um marco. A equipa está a crescer e a melhorar. Não estamos no nosso ponto máximo, é preciso tempo», sublinhou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário