sexta-feira, 14 de novembro de 2014

«Nem contra a Alemanha faria marcação especial» - Fernando Santos.

O selecionador português, Fernando Santos, alertou para as dificuldades que os jogadores nacionais vão ter na sexta-feira, frente à Arménia, mas garantiu que não haverá lugar a marcações especiais aos atletas adversários.

«Nem que jogasse contra a Alemanha iria marcar Muller, não iria marcar nenhum jogador homem a homem. Eles é que têm de se preocupar connosco. Respeitamos todos os jogadores da Arménia e sabemos as características deles, mas não vou fazer marcação especial a ninguém, não passa pela cultura da equipa. Nunca o fiz, nem quando estava em equipas que não tinham estas características, muito menos o vou fazer aqui», disse o treinador, em conferência de imprensa.

Questionado sobre as escolhas para o onze inicial, Fernando Santos foi evasivo, afirmando apenas que é «um homem feliz», com um grupo de atletas que o deixa «tranquilo».

«Sei qual é o onze que vai jogar, mal seria se não o soubesse. Tenho 24 jogadores que me deixam tranquilos. Não era possível trazer todos para este jogo. Este conjunto de jogadores tem demonstrado uma aplicação enorme e uma vontade enorme de fazer bem», disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário