segunda-feira, 16 de junho de 2014

Paulo Bento: «Foram demasiadas contrariedades».

Paulo Bento lamentou o desaire no arranque da campanha portuguesa no Mundial'2014 e destacou o lance do primeiro golo como o factor que mudou o encontro. A Alemanha partiu para um triunfo por 4-0, embora o Selecionador Nacional tenha destacado que Portugal podia ter mudado o rumo do jogo no início da partida.

"Tirando os primeiros cinco minutos, em que não entrámos muito bem, equilibrámos o jogo até ao lance do golo. Até ao 1-0, as oportunidades tinham pendido para o nosso lado. A partir do golo, o jogo teve um cariz diferente. Foram demasiadas contrariedades. Quando tentávamos incorporar mais gente no ataque, éramos apanhados em contra-ataque a jogar com menos um", confessou, no final da partida.

Além de afirmar que "a análise do jogo acaba na primeira parte" perante uma segunda metade sem história, Paulo Bento deixou desde já uma indireta à equipa de arbitragem: "Sobre o árbitro falo na conferência de imprensa", adiantou, antes de lançar o embate decisivo com os Estados Unidos.

"Estamos mais pressionados para o próximo jogo e por isso há que fazer a recuperação dos jogadores, conversar e depois prepararmos o jogo com os Estados Unidos", sublinhou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário