segunda-feira, 23 de junho de 2014

O que é preciso para Portugal ir aos "oitavos"

Após o empate arrancado a ferros com os EUA (2-2), Portugal fica de calculadora na mão a fazer contas para poder seguir em frente no Mundial'2014. A vida dos Conquistadores ficou complicada, mas ainda há uma réstia de esperança. Para começar, há a obrigação absoluta de conquistar uma vitória sobre o Gana, à qual se tem de somar preferencialmente um triunfo da Alemanha sobre os EUA - o empate é o único cenário que atira a equipa das quinas diretamente para fora da competição.

Ora, Portugal apresenta, neste momento, uma diferença negativa de cinco golos. Por isso mesmo, há que dar a volta a esse diferencial negativo. Por exemplo, caso a Alemanha derrote os EUA por um golo de diferença, obriga Portugal a golear o Gana por 4-0 mas, curiosamente, o contrário não é válido. Por uma razão: se fosse a Alemanha a vencer por 4-0 e Portugal por 1-0, a Seleção Nacional anularia o fator "diferença de golos" mas não o fator de desempate seguinte, o "maior número de golos marcados", já que os portugueses ficariam com 3 concretizados quando os norte-americanos somariam 4.

Desta forma, para contornar este último critério seria necessário, por exemplo, uma diferença combinada de 5 golos mas com Portugal a marcar no mínimo 3, já que dessa forma poderiamos passar a ter mais golos marcados, logo vantagem também neste critério.

É possível haver sorteio

Num cenário extremo e rocambolesco, é possível que tudo se decida através de... um sorteio. Para tal, Portugal teria de bater o Gana por 2-0 e os EUA perderem por 3-0. As duas equipas ficariam com um diferencial de golos de 4-6 (recorde-se que no confronto direto dá um empate).

Triunfo dos EUA complica mas não afasta

Seria incorreto afirmar que a única forma de Portugal seguir em frente era conjugar a vitória sobre o Gana com um triunfo da Alemanha. É que os EUA também podem derrotar a Alemanha, mas a diferença de golos ainda fica mais complicada de superar, quase impossível. Neste caso, a tal soma da diferença de golos (no caso, Portugal em relação ao Gana e EUA em relação à Alemanha) teria de ser de nove... Quem acredita?

Nenhum comentário:

Postar um comentário