segunda-feira, 26 de maio de 2014

«Vou fazer tudo para ter uma oportunidade» - Luís Neto.

Bruno Alves, Pepe e Ricardo Costa são concorrentes de peso para um jovem como Luís Neto, que se estreia nos convocados de Portugal para uma fase final de uma competição de seleções. Ainda assim, o defesa-central do Zenit acredita que sairá do Campeonato do Mundo um jogador mais preparado.

«Portugal tem grandes centrais e uma dupla (Bruno Alves e Pepe) que fez grande Europeu e um Mundial. São dois jogadores que costumam jogar sempre, experientes, e que se entendem bem. Sou mais um, quero fazer o meu trabalho e deixar a minha marca, jogar ou não vai depender do selecionador. Quero aproveitar e desfrutar, treinar e fazer parte deste grupo de jogadores experientes. O Pepe, o Bruno e o Ricardo vão ajudar-me e sairei daqui um jogador melhor, mais preparado. Estou feliz por esta oportunidade», disse Luís Neto em conferência de Imprensa, em Óbidos onde arranca hoje o estágio de preparação para o Mundial.

Questionado sobre as dúvidas em torno da condição física de Pepe (falhou a final da Liga dos Campeões devido a lesão) podem ser uma oportunidade, Neto respondeu: «Vou fazer tudo para ter uma oportunidade. Todos os que estão cá querem jogar. Não sei como está Pepe, tudo depende do selecionador. Vou trabalhar para jogar e ter alguns minutos contra a Grécia. Depois veremos o que vai acontecer.»

Neto reconheceu que «não estava à espera» e que foi «uma surpresa» ser chamado por Paulo Bento para o Mundial. «É um grande prémio e um marco importante na minha carreira participar numa competição internacional.»

«É a minha primeira vez. Sei que o espírito na Seleção é muito bom por participar numa competição destas, estamos muito tempo juntos e os laços intensificam-se. A minha integração está feita porque conheço a maioria dos jogadores. Tudo vai correr bem.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário