quarta-feira, 5 de março de 2014

«Os recordes caem naturalmente» - Cristiano Ronaldo.


Ronaldo (foto AP)
Cristiano Ronaldo assume significado especial por ser agora o melhor marcador de sempre da Seleção Nacional, com 49 golos. No entanto, o capitão da equipa das quinas diz que os recordes surgem naturalmente perante o seu trabalho, esforço e dedicação.

«Sabia que iria acontecer naturalmente, acabei de falar com o Pauleta, que me deu os parabéns. Mas não procuro bater recordes, acho que isso acontece naturalmente, com muito esforço, dedicação e a excelente Seleção que temos», afirmou CR7 na flash interview no final da partida.

«Tem significado especial, pois já jogo na Seleção há 10 anos e motiva-me mais. Bater o recorde de internacionalizações será também um dos meus objetivos, mas isso acontecerá naturalmente», referiu o jogador, que igualou Fernando Couto no segundo lugar da lista dos mais internacionais, com 110 jogos, a apenas 17 presenças de Luís Figo (127).

Questionado sobre quantos golos poderia prometer aos portugueses no Mundial-2014, CR7 preferiu jogar à defesa: «Não prometo nada, acho que tudo vai acontecer naturalmente. Posso é prometer muito esforço, muita dedicação e muito trabalho. Depois veremos o que vai acontecer.»

Palavras ainda sobre as estreias de William Carvalho, Ivan Cavaleiro e Rafa: «Acho que os três tiveram boas estreias a titular, é positivo. Jogámos num sistema que não é habitual, mas não comento isso, gosto de ajudar sempre a Seleção e dar os parabéns aos três que se estrearam.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário