segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Madeira não esquece Ronaldo.


O Representante da República na Madeira, Ireneu Barreto, enviou uma mensagem de felicitações a Cristiano Ronaldo, pela conquista do galardão Bola de Ouro 2013.

«Como Representante da República e madeirense, desejo felicitar Cristiano Ronaldo pela atribuição do prémio “Bola de Ouro”, de 2013. O galardão conferido constitui uma justa recompensa pelo percurso profissional de Cristiano Ronaldo, que deve ser observado com atenção por todas as gerações, nomeadamente os jovens, como exemplo de força de vontade, denodo, perseverança, resiliência e tenacidade. Cristiano Ronaldo cedo compreendeu que, com empenho e trabalho, podemos concretizar os nossos sonhos. O nome de Cristiano Ronaldo é, hoje em dia, indissociável da Madeira e de Portugal, permitindo que os quatro cantos do mundo conheçam as raízes que Cristiano Ronaldo sempre acarinhou», lê-se na missiva enviada por Ireneu Barreto.

Também Miguel Mendonça, Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, endereçou os parabéns a Cristiano Ronaldo pela conquista da Bola de Ouro: «Para além do significado de glorificação de um atleta que durante o seu percurso profissional trabalhou no duro para vir a ser o melhor, este facto prova também que nós portugueses, pequeninos na dimensão geográfica, temos gente com dimensão universal e quando digo portugueses, obviamente, que incluo os madeirenses. A atribuição da Bola de Ouro a Cristiano Ronaldo era previsível, embora tivesse dois fortes concorrentes ‘à perna’, respetivamente, Messi e Ribéry. Como madeirense sinto-me particularmente orgulhoso por Cristiano Ronaldo ter vencido a Bola de Ouro de 2013, penso que foi bom para a Madeira e será bom para Portugal.»

Rui Marote, presidente da Associação de Futebol da Madeira, mostrou-se igualmente feliz pelo feito do internacional português. «Foi de longe o melhor jogador de 2013 por isso foi com grande merecimento que Ronaldo conquistou a sua segunda Bola de Ouro, contra algumas vontades que alimentavam outras ideias, que nos outros anos funcionaram, mas que desta feita não surtiram o efeito desejado pelos seus detratores. O Ronaldo fez uma grande época, marcou muitos golos ao serviço do Real Madrid e foi decisivo na qualificação de Portugal para o Mundial2014, ao marcar quatro golos à Suécia, que permitiram à selecção nacional selar o passaporte para o Mundial.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário