quarta-feira, 13 de novembro de 2013

«Seleção está habituada aos grandes jogos» - Nuno Gomes.


Nuno Gomes foi o último português a marcar à Suécia, num jogo de preparação em 2004, e afirma que, apesar de ser um adversário difícil, a seleção nórdica está ao alcance de Portugal neste play-off de acesso ao Campeonato do Mundo do Brasil.

«É um adversário difícil mas que está ao nosso alcance, deste que a Seleção esteja em bom plano», diz à Renascença o antigo avançado da Seleção Nacional que acredita que a pressão será «um ponto a favor» da equipa das Quinas.

«Os jogadores sabem da responsabilidade que é estar no Mundial. Podia ser um fator contra, causar alguma pressão, mas vai funcionar ao contrário porque esta Seleção está habituada aos grandes jogos e rende mais quando os jogos são mais difíceis.»

Nuno Gomes considera normal que na imprensa se destaquem Cristiano Ronaldo e Ibrahimovic, por serem «os dois melhores jogadores de cada seleção»: «Ibrahimovic é, com certeza, a arma mais forte da Suécia porque pode, de um momento para o outro, desequilibrar a partida. Mas a Suécia vale pelo seu todo fez um boa campanha e chegou aos play-offs num grupo que não era fácil. É preciso ter cuidado com todos e não só com Ibrahimovic.»

Sobre as polémicas declarações de Jospeh Blatter sobre Cristiano Ronaldo, Nuno Gomes lembra apenas que o astro do Real Madrid «tem mostrado o que é capaz de fazer, antes e depois das declarações» do presidente da FIFA. «Espero que o Cristiano esteja inspirado», conclui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário