segunda-feira, 18 de novembro de 2013

«Objetivo: marcar e ganhar» - Paulo Bento.


Paulo Bento (foto ASF)
O selecionador nacional assegura que Portugal vai apresentar-se amanhã em Estocolmo sem qualquer intenção de defender a curta vantagem (1-0) conseguida com a vitória sobre a Suécia, na primeira “mão” do play-off de apuramento para o Campeonato do Mundo.

«A nossa estratégia passa por ganhar o jogo. Sabemos que temos vantagem de um golo, não é larga, mas é uma vantagem. Vamos jogar com o objetivo de ganhar e, para isso, temos de marcar. Não estamos obcecados é com o momento em que o vamos fazer (golo). Sabemos que se fizemos um golo nada fica resolvido e que num momento de adversidade teremos capacidade de reagir e inverter a situação. Temos de estar mentalmente muito concentrados e saber o que fazer durante os 90 minutos, em cada momento do jogo. A estratégia passa por tentar ganhar pois sabemos que, só assim, estaremos mais perto de passar este play-off e carimbar o passaporte para o Brasil, que é o nosso objetivo», disse Paulo Bento em conferência de imprensa, que não deverá promover alterações na equipa:

«Amanhã veremos. Parece evidente que nem nós esperamos grandes alterações na Suécia, nem a Suécia estará à espera de grandes alterações na nossa equipa.»

A estratégia passa, tal como no jogo da primeira “mão”, por manter a bola longe da grande área da equipa das Quinas: «Se formos só defender, é um risco. Quanto mais perto da nossa área, mais perigoso se torna adversário. É uma equipa com jogadores do ponto de vista físico fortes no jogo aéreo e sabemos que, nalguns momentos, teremos de estar na nossa zona defensiva. Queremos manter a bola longe da nossa área e, para isso, temos de ter a bola, saber o que fazer com ela, tentar estar perto da baliza adversária e marcar para tentar vencer o jogo.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário