terça-feira, 15 de outubro de 2013

«Prometo que Portugal tudo fará para ir ao Brasil» - Paulo Bento.


A Seleção Nacional vai mesmo ter de disputar o play-off para poder garantir a presença no Campeonato do Mundo do Brasil. Paulo Bento assume falhas próprias na fase de qualificação, mas garante que tudo vai fazer para cumprir o objetivo de estar na competição que vai decorrer no verão de 2014.

«Não fomos a melhor seleção do grupo. A Rússia foi melhor, pois ficou em primeiro. Mas se me pergunta se tínhamos condições para ficar em primeiro, diria que sim. Devíamos ter feito mais em termos qualitativos para ficar em primeiro, mas isso não põe em causa o compromisso dos jogadores. Houve um responsável que não conseguiu fazer as coisas da melhor maneira para ficarmos em primeiro e cabe-lhe agora fazer o melhor no play-off», afirmou o selecionador nacional na habitual flash interview no final da partida.

«Prometo que Portugal tudo fará para ir ao Brasil. É o objetivo que está definido desde sempre, desde que renovei contrato e desde que iniciámos a fase de qualificação. Não conseguimos pela via que pretendíamos, vamos agora tentar pelo play off», vincou Paulo Bento, que evitou analisar potenciais adversários nos jogos marcados para 15 e 19 de novembro, nomeadamente se a França é de evitar: «Vamos ver os adversários que existem e logo analisaremos.»

Antes, Paulo Bento foi ainda questionado com o gesto de Nani, que fez questão de se dirigir a si quando marcou um dos golos na vitória deste final de tarde diante do Luxemburgo. 
«Não tenho dúvidas sobre o ambiente e o espírito da Seleção Nacional. Sabemos que quando acontecem resultados menos positivos e exibições menos convincentes, há tendência para por tudo em causa. Não me parece que tenha havido alguma coisa de estranho à volta da Seleção desde o jogo de sexta-feira, é algo que estamos habituados. O que aconteceu com Nani já aconteceu com outros, que não deixo de registar com agrado», comentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário