sexta-feira, 11 de outubro de 2013

MICAEL NO PAPEL DE MEIRELES.


Rúben Micael (foto ASF)
Se é certo que uma das funções de qualquer treinador é encontrar soluções para os problemas que lhe vão surgindo, não é menos verdade que por estes dias Paulo Bento deverá estar a viver uma situação rara na carreira, pois o técnico de Portugal não pode contar com nada mais, nada menos, do que cinco jogadores. 

E jogadores que normalmente integram a equipa titular, casos dos lesionados João Pereira, Bruno Alves e Raul Meireles, bem como dos castigados Fábio Coentrão e Hélder Postiga. Não são um ou dois. São cinco!

Mas Paulo Bento, porém, já provou ser capaz de dar a volta a este tipo de contrariedades e ele, experiente, saberá melhor do que ninguém que tantas ausências abrem espaço a outros atletas que vão querer, com naturalidade, agarrar a oportunidade com unhas e dentes. 

Nesse sentido, Cédric, na lateral direita, Neto, no centro, e Antunes, na esquerda, devem ser as apostas para iniciar o jogo de hoje com Israel, assim como Rúben Micael - que deverá cumprir as funções que seriam atribuídas a Raul Meireles - e Hugo Almeida, que deverá ser o escolhido para a posição de ponta de lança, ficando Nélson Oliveira e Éder de fora da equipa inicial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário