segunda-feira, 14 de outubro de 2013

«Mesmo sem Cristiano Ronaldo e Pepe, Portugal é uma seleção de top» - Luc Holtz.


Os luxemburgueses estão perfeitamente conscientes das dificuldades que vão ter pela frente no encontro com Portugal, relativo à 10.ª e última jornada do grupo F de qualificação para o Campeonato do Mundo 2014, no Brasil.

A confirmação vem pela boca do selecionador Luc Holtz que, esta tarde, em conferência de Imprensa, afirmou que mesmo sem os castigados Cristiano Ronaldo e Pepe, Portugal continua a ser um adversário de enorme gabarito. 

O responsável pelo conjunto luxemburguês revela que não vai jogar de forma muito ousada mas que, ainda assim, acredita que os seus jogadores podem surpreender:

«A nossa equipa está preparada para o jogo de amanhã. Vamos para o campo com o intuito de marcar golos, é isso que faz o futebol bonito. Por que não conseguir marcar um golo em Portugal? Não digo que vamos jogar defensivamente, mas certamente que não iremos atuar com três avançados... Claro que mesmo sem Cristiano Ronaldo e Pepe, Portugal é uma seleção de top.

Luc Holtz foi ainda instado a pronunciar-se sobre quem é, neste momento, mais forte, se Portugal ou a Rússia. Para o selecionador nacional do Luxemburgo, ambas mereciam ir ao Mundial. «Analisando a fase de qualificação, quem está à frente é a Rússia, talvez tenham sido mais constantes. Mas são duas seleções de top e merecem o bilhete para o Brasil», concluiu.

Ao final do dia, pelas 19 horas, a formação do Grão-Ducado realiza o habitual treino de adaptação ao relvado do Estádio Cidade de Coimbra (com os primeiros 15 minutos abertos à Comunicação Social), palco do jogo desta terça-feira entre Portugal e Luxemburgo, agendado para as 18 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário