segunda-feira, 9 de setembro de 2013

«Para alguns iluminados Scolari fez pouco, mas os portugueses devem estar-lhe muito gratos» - Paulo Bento.


Paulo Bento (foto ASF)
Paulo Bento saúda o reencontro com Luis Felipe Scolari, treinador que, salienta, «melhores resultados conseguiu à frente de Portuga». Jogo com o Brasil não é a doer mas é...para ganhar.

Este jogo particular, frente a uma das melhores equipas do mundo, vai ser encarado de que forma?

Tentaremos fazer o que fazemos em todos os jogos, independentemente de serem oficiais ou particulares. Tentaremos ganhar e jogar bem. Sabemos que o adversário é coletivamente e individualmente muito forte, mas isso não irá inibir-nos. É uma grande equipa que está nesta altura com a tranquilidade de quem tem a situação relativamente ao Mundial definida, por força de ser organizador. Teremos de estar motivados e estaremos seguramente. 

Que significado terá para os jogadores o reencontro com Scolari?

Vejo com muito bons olhos esse reencontro. Os jogadores portugueses que estiveram a trabalhar com Scolari devem fazer é estar-lhe gratos, cumprimentá-lo da melhor maneira e se possível de forma até efusiva, porque ele ajudou muitos deles na Seleção. Eu, pessoalmente, o que posso dizer é que estou do outro lado, vou defrontá-lo pela primeira vez, mas como português estou-lhe muito grato. Ele, naturalmente que com a ajuda de muita gente, levou Portugal à única final que tem e ainda a uma segunda meia-final de um Mundial. E qualificou-nos para o Euro-2008. Para alguns iluminados dá sempre a sensação de que ele fez pouco, mas eu tenho opinião diferente, ele fez um excelente trabalho, foi o selecionador que melhores resultados conseguiu à frente de Portugal e os portugueses devem estar-lhe muito gratos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário