sábado, 16 de junho de 2012


«O nosso objetivo é ganhar o nosso jogo» - Paulo Bento.

O selecionador nacional não quer pensar no que vai acontecer no Dinamarca-Alemanha, referindo estar convicto de que se Portugal vencer a Holanda vai atingir o objetivo de marcar presença nos quartos de final do Euro-2012.


«Sou desportista há muitos anos, joguei durante 15 anos, estou a treinar há praticamente oito e acredito sempre no desportivismo. Quando deixar de acreditar deixo de andar aqui. Temos de fazer o nosso jogo, não podemos jogar o outro, nem podemos duvidar do que vai acontecer. Tudo vai depender da nossa competência, talento e organização. Estou completamente tranquilo de que vamos fazer um bom jogo e logo veremos o que vai acontecer no outro», começou por dizer Paulo Bento, quando questionado sobre a possibilidade de haver algum arranjo em termos de resultado na partida entre Dinamarca e Alemanha.


O selecionador nacional até desvalorizou a alegada preferência dos jogadores alemães em ver a Holanda qualificar-se para os quartos de final em detrimento de Portugal ou Dinamarca: «A nós não nos compete analisar os gostos das equipas adversárias. Compete-nos analisar a Holanda e transmitir aos jogadores aquilo que achamos ser melhor para este jogo.»


Ainda assim, questionado sobre se vai ou não transmitir aos jogadores informações sobre o que está a acontecer no outro jogo, Paulo Bento respondeu: «Não têm de estar preocupados em saber informações sobre o outro jogo, têm sim de ser competentes e fazer o seu trabalho. Se acharmos que essa informação for pertinente logo faremos o que acharmos melhor.»


«O objetivo é chegar aos quartos de final, é por isso que vamos lutar e esgotaremos todas as possibilidades. Estamos convictos de que vamos conseguir, se não será pelo mérito dos adversários e não por falta da nossa ambição e vontade de lutar», vincou Paulo Bento, garantindo estar completamente tranquilo em relação à vontade e ambição do grupo de trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário