terça-feira, 5 de junho de 2012


Luís Figo (foto ASF)
«Não se pode comparar gerações» - Luís Figo.

Ao contrário de Sérgio Conceição, Luís Figo descartou considerar esta Seleção mais fraca do que aquela em ambos vestiam a camisola da equipa das “quinas”.


«Ele é responsável pelas suas declarações e eu pelas minhas. Se é ou não mais fraca? Não é mais forte, nem mais fraca. Não se pode comparar gerações. A minha fez o que tinha de fazer e esta fará o que o destino ditar», disse Luís Figo durante uma iniciativa das escolinhas de futebol à qual dá o nome que decorreu no Parque das Nações.


O ex-internacional português deixou uma mensagem aos jogadores que se preparam para representar o País no Campeonato da Europa: «Cada um tem de ter a consciência que defende onze milhões de pessoas e um País, que joga para eles. Deve ter-se o máximo de responsabilidade e orgulho quando se veste a camisola da seleção.»


Sobre as expectativas para o Euro: «Espero que a Seleção consiga dar uma grande alegria a todos os portugueses. Que faça uma boa prestação no Europeu, com a maior entrega possível e os jogadores a darem o máximo porque, quando se dá o máximo, a mais não é obrigado.»


Sobre o facto de Portugal não ter vencido qualquer jogo de preparação: «Espero que não tenha influência negativa. Acima de tudo, o que conta é a partir de sábado. É lógico que é sempre preferível ganhar porque os níveis de confiança são maiores.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário