terça-feira, 5 de junho de 2012


Hugo Viana confiante para jogo de estria no Europeu, frente à Alemanha (foto ASF)
«Com a Alemanha daremos uma imagem diferente» - Hugo Viana.

Hugo Viana, presente na conferência de imprensa da Seleção desta manhã, começou por dizer que «a adaptação tem sido normal», ele que chegou mais tarde para substituir o lesionado Carlos Martins.


«Nunca tinha trabalhado com este grupo e Paulo Bento, mas conhecia a maioria dos jogadores e a integração tem sido excelente. E queremos transportar esse ambiente para o jogo com a Alemanha», frisou,


Hugo Viana reconhece que «o grupo não está satisfeito com os resultados dos dois últimos jogos de preparação», frente a Macedónia (0-0) e Turquia (1-3), mas salienta que, em especial no segundo jogo, «a exibição foi bem melhor do que o rsultado».


Reconhecendo os erros, Hugo Viana lembrou que «a Seleção tem ainda quatro dias de trabalho e com a Alemanha não irá repetir esses erros, até pelos níveis de concentração e a garra com que abordará o jogo».


«Acredito que contra a Alemanha daremos uma imagem diferente, em especial fazendo condizer o resultado à exibição. Os jogos de preparação são mais importantes para se fazerem testes e tirarem conclusões do que pelos resultados. Com a nossa alegria, confiança e união estaremos fortes para discutir a vitória com a Alemanha», garantiu Hugo Viana.


O jogador do Sporting de Braga não esconde que gostaria de ser titular, mas «o objectivo comum deve superiorizar-se a quem joga ou não, até porque há muitas maneiras de ajudar a Seleção, mesmo quando não se joga».


Ronaldo? Cumpre como capitão


Hugo Viana considera «normal que a imprensa internacional coloque o seu foco em Cristiano Ronaldo e Nani, por jogarem em dois dos melhores e maiores clubes do Mundo». Ninguém se melindra, até porque «na Seleção todos sabem aquilo que valem».


Em relação à escolha de Cristiano Ronaldo como capitão de equipa, vincou que «um selecionador não escolhe qualquer um para essas funções» e que o jogador «tem cumprido bem as suas missões dentro e fora de campo»

Nenhum comentário:

Postar um comentário