sexta-feira, 3 de junho de 2011

Paulo Bento comanda a Selecção Nacional - Clube Portugal

Desejo enorme de vencer.

O Selecionador Nacional, Paulo Bento, afirmou esta sexta-feira que os jogadores são os “principais responsáveis” por Portugal estar a lutar pelo primeiro lugar do Grupo H de apuramento para o EURO 2012.
“Foi um esforço essencialmente dos jogadores. São os principais responsáveis. Com a qualidade destes jogadores conseguimos estar agora numa situação que não deixa de ter pressão mas é uma pressão bem melhor daquela que tínhamos em outubro”, frisou Paulo Bento, recordando a recuperação protagonizada pela Equipa das Quinas.


Em Outubro de 2010, Paulo Bento “pegou” na equipa com apenas um ponto e com a qualificação em risco para o campeonato da Europa, mas, oito meses depois, Portugal pode assumir a liderança do grupo, caso vença os noruegueses, e fica muito perto de garantir o passaporte para a fase final que vai decorrer na Polónia e Ucrânia.


Na conferência de imprensa de antevisão do encontro de sábado, no Estádio da Luz, o Seleccionador Nacional assegurou que os jogadores “têm um desejo enorme” de bater a Noruega e de “fazer as coisas bem”. “Estamos a passar por um estado de espírito de confiança mas ao mesmo tempo temos uma grande respeito por aquilo que o adversário tem feito e, por isso, é que neste momento está no primeiro lugar do grupo”, acrescentou.


Nesse sentido, Paulo Bento espera uma equipa da Noruega “muito forte em termos defensivos, a jogar muito atrás sem dar muitos espaços”, reiterando que Portugal terá que ter paciência. “Só um resultado interessa e por isso partimos do princípio que temos que atacar a assumir o jogo, sem urgência nem precipitação, mas de uma forma segura e ao mesmo tempo dinâmica e agressiva”, frisou o selecionador, acrescentando ter “muita tranquilidade por aquilo que os jogadores têm feito nos treinos”.


Paulo Bento lamentou a ausência de Ricardo Carvalho, que vai falhar o encontro devido as dores na zona lombar, mas revelou que “isso não altera em nada” a estratégia de Portugal. “É menos uma opção. O jogador que alinhar amanhã (sábado) não vai mudar em nada a nossa forma de jogar”, sublinhou.


Paulo Bento disse ainda que nunca colocou sobre Cristiano Ronaldo a “responsabilidade de resolver os problemas” da seleção, mas espera que o avançado do Real Madrid esteja em bom plano frente à Noruega. “É um jogador de uma qualidade extraordinário e de um potencial enorme. Acreditamos que dentro da nossa dinâmica nos pode ajudar muito”, salientou.


O Seleccionador Nacional reforçou que Portugal vai querer impor à Noruega a sua primeira derrota no grupo, mas negou o cenário de “mata-mata”, referindo que em caso de empate ou derrota, Portugal terá ainda possibilidade de lutar pelo apuramento. “Não nos deixa fora da qualificação, continuamos a lutar pelo no acesso ao ‘playoff’, mas o nosso grande objetivo é ganhar, passar para o primeiro lugar e ficarmos a depender de nós”, referiu Paulo Bento, reconhecendo que o “plano está traçado” e aguardando que a execução corra “da melhor maneira”.


A Selecção Nacional - Clube Portugal defronta a Noruega, no Estádio da Luz, no sábado, às 21h00, num jogo que será arbitrado pelo turco Cuneyt Cakir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário