quarta-feira, 30 de março de 2011

Os jogadores de Portugal em festa

Triunfo tranquilo em Aveiro


A Equipa das Quinas venceu tranquilamente a formação nórdica, com um bis de Ruben Micael numa noite de total domínio de Portugal, que poderia ter alcançado um resultado mais robusto neste jogo de preparação.
O domínio luso foi uma constante e o resultado não sofre contestação, com Ruben Micael a tornar-se no herói da noite, com dois golos apontados, um em cada metade.


Portugal entrou muito bem na partida, com intensidade e velocidade, assente em rápida circulação de bola e lançamento dos extremos, Ricardo Quaresma e Danny. Logo aos sete minutos, Jukka Raitala negou o golo a Hugo Almeida, a passe de Fábio Coentrão, mas o 1-0 viria pouco depois, aos dez. Quaresma tentou o golo de "trivela", da direita, mas a bola acabou por encontrar Ruben Micael, que só teve de emendar para o primeiro da noite.


Danny esteve perto de ampliar aos 23 minutos, numa jogada confusa que teve pontapé de bicicleta de Hugo Almeida, e Mika Väyrynen respondeu pouco depois da meia-hora, com um remate que saiu muito perto do poste da baliza de Eduardo. Mas foi uma resposta ténue, pois Portugal continuou a mandar no jogo até ao intervalo, e podia ter marcado por Quaresma, pouco antes do descanso.


O segundo tempo surgiu com Portugal a atacar o último reduto finlandês, desta feita com menos clarividência, mas deixando sempre os visitantes em sobressalto, e Hugo Almeida obrigou Otto Fredrikson a trabalho apertado logo no reatamento. Logo a seguir foi Pepe a falhar o alvo e Fábio Coentrão obrigou o guardião contrário a nova intervenção aos 55 minutos. A avalancha ofensiva era grande e Fredrikson foi adiando o inevitável, que acabou por acontecer aos 71 minutos.


O recém-entrado Nani fugiu pela direita, simulou o remate e centrou para Ruben Micael, que só teve de encostar para o seu segundo da noite. A seguir vieram várias substituições para os dois lados, e o jogo perdeu alguma clarividência, pelo que não houve mais golos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário