segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Ventura vai dar o máximo para voltar a receber a confiança de Paulo Bento

Início de um sonho


O guarda-redes Ventura, pela primeira vez chamado aos trabalhos da Selecção Nacional - Clube Portugal, admitiu este domingo que não estava à espera ser convocado e confessou que é “o início de um sonho”. “Sinceramente não estava à espera. Chegar aqui é o início de um sonho, uma grande oportunidade. Estou muito orgulhoso e sinto uma enorme satisfação”, afirmou Ventura, de 23 anos, na chegada à concentração da Equipa das Quinas, que na quarta-feira defronta a Argentina, em Genebra (Suíça), num jogo de preparação.


O guardião quer agora “desfrutar” da sua primeira experiência na “equipa de todos nós” e garantiu que vai "dar o máximo" para voltar a receber a confiança do Seleccionador Nacional, Paulo Bento. “Nos ‘grandes’, os jogadores têm sempre maior projecção, mas a minha chamada é sinal de que o Seleccionador está atento aos outros clubes”, disse Ventura, minutos depois de ter chegado a um hotel de Lisboa onde se concentraram os oito jogadores que actuam na Liga Portuguesa.


Também na luta pela baliza da nossa Selecção está Rui Patrício, que assumiu o “sonho de ser titular”, mas que, para já, “só pensa em trabalhar o melhor possível”. “Obviamente que sonho ser titular da Selecção, mas agora só penso em trabalhar e o treinador depois que decida. O mais importante é estar cá, com este grupo. Já é um grande orgulho, mas todos queremos jogar, o que é normal”, referiu.


Além dos dois guarda-redes, Fábio Coentrão e Carlos Martins (Benfica), João Pereira e Hélder Postiga (Sporting) e João Moutinho e Rolando (FC Porto) juntaram-se à Selecção em Lisboa, enquanto os restantes 12 jogadores, que actuam em campeonatos estrangeiros, viajam directamente para Genebra e serão integrados até ao final da manhã.


De regresso às escolhas de Paulo Bento, o defesa Rolando admitiu o desejo de participar no jogo frente à Argentina e não se mostrou preocupado em arranjar formas de travar a estrela da selecção sul-americana, Lionel Messi. “Quem é o Messi?”, brincou Rolando, depois de ter afirmado que o “mais importante é jogar bem e ajudar Portugal a ganhar”.


Já o avançado Hélder Postiga alertou para o “poderio” da Argentina e mostrou o desejo de Portugal “voltar a repetir o desempenho dos últimos jogos”, em que somou três vitórias, incluindo uma goleada por 4-0 à Espanha, campeã do Mundo. “Acima de tudo, será um grande jogo entre duas grandes selecções recheadas de grandes jogadores. Mesmo numa altura em que o calendário começa a apertar, este jogo é importante para preparamos bem os dois jogos da fase de qualificação para o Euro 2012”, disse o jogador do Sporting.


A Equipa das Quinas parte esta segunda-feira para Genebra e, já com os 20 jogadores convocados por Paulo Bento, realiza o primeiro treino em solo helvético no campo do Meyrin FC, às 17h00 (18h00 na Suiça).


Na quarta-feira, Portugal defronta a Argentina, num jogo de preparação para a fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 2012, que está agendado para as 20h00 (21h00 em Genebra) e que terá a arbitragem do suíço Massimo Busacca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário