segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Alegando motivos pessoais, Tiago
se despede da seleção portuguesa

O meia Tiago, do Atlético de Madri, anunciou que, por motivos pessoas e para dar oportunidade aos mais jovens, não defenderá mais a seleção de Portugal, de acordo com carta divulgada nesta segunda-feira pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Com isso, a equipe portuguesa já soma cinco “aposentadorias” desde o fim da última Copa, já que antes Miguel, Paulo Ferreira, Simão e Deco já haviam dito que não defenderiam mais o país.


- Foi um orgulho e uma honra representar a seleção portuguesa em todos os seus escalões. O dia 20 de novembro de 2002 marcou o início da minha participação na seleção. Esse é um momento de que eu jamais poderei me esquecer - afirmou Tiago na carta, enviada ao presidente da FPF, Gilberto Madaíl.


Convocado 58 vezes, o meia de 29 anos participou das Copas do Mundo de 2006 e 2010 e marcou três gols.


- Agradeço a todos pelos bonitos e maravilhosos momentos que passamos juntos - escreveu o jogador, que afirmou que agora vestirá "a camisa de torcedor fervoroso da equipe portuguesa".

Nenhum comentário:

Postar um comentário