sexta-feira, 22 de março de 2013

Portugal marca com um minuto, leva três de Israel, mas empata no fim


Cristiano ronaldo portugal israel (Foto: Agência Reuters)
Israel e Portugal fizeram na manhã desta sexta-feira uma das partidas mais emocionantes das eliminatórias européias para a Copa do Mundo de 2014. Jogando em Tel Aviv, os portugueses começaram surpreendendo e abriram o placar logo no primeiro minuto, com Bruno Alves. Com o apoio dos torcedores, que lotaram o Estádio Ramat Gan, os donos da casa chegaram a virar o jogo para 3 a 1, mas recuaram muito e sofreram o empate aos 47 minutos do segundo tempo: final 3 a 3.

Com o resultado, Israel e Portugal chegam aos oito pontos e dividem a segunda colocação do disputado Grupo F. A Rússia segue em primeiro com 12.  Na próxima rodada, o time de Cristiano Ronaldo recebe a Rússia no dia 07 de junho. Já Israel só volta a jogar em 6 de setembro, contra o Azerbaijão, em casa.

Vale ressaltar que o primeiro de cada uma das nove chaves se classifica de forma direta para o Mundial. Os oito melhores segundos colocados lutam por quatro vagas na repescagem, em novembro.

Golo logo com um minuto

Portugal começou o jogo mostrando que, mesmo atuando fora de casa, queria confirmar seu favoritismo diante de Israel. Logo no primeiro minuto, Bruno Alves aproveitou a cobrança de um escanteio e abriu o placar, calando os torcedores em Ramat Gan. Após o lance, os portugueses seguiram melhor e parecia que venceriam com facilidade. Não aconteceu.

Com o apoio da torcida, o time israelense iniciou uma reação. Aos 12, após uma cobrança de falta ensaiada, o atacante Bem Basat recebeu dentro da área e soltou a bomba. A bola passou muito perto. O time se empolgou e avançou a marcação. A atitude surtiu efeito aos 24. Natcho avançou pela ponta direita e cruzou rasteiro. Hemed dominou, girou e bateu no canto de Rui Patrício, que não conseguiu defender: 1 a 1.
Jogadores israel gol portugal (Foto: Agência EFE)

Portugal respondeu dez minutos depois. Postiga, que estava apagado no jogo, recebeu belo lançamento de Meireles, passou pelo goleiro e finalizou. A boa bateu na trave e saiu. A perda do gol fez falta. No ataque seguinte, Israel conseguiu virar o placar. Ben Basat aproveitou passe rasteiro, entrou na área e soltou a bomba para agitar as arquibancadas.

Emoção na etapa final

Assim como no primeiro tempo, o time português começou a etapa final melhor. Porém, o lance mais perigo só aconteceu aos 16. Carlos Martins recebeu cruzamento pela direita e tentou de primeira. A bola passou raspando o travessão.

Os donos da casa não sentiram a pressão e foram ao ataque. Aos 24, Rami Gershon aproveitou escanteio e, de cabeça, ampliou para Israel, que não tive muito tempo para comemorar. Dois minutos depois, Cristiano Ronaldo recebeu lançamento pelo meio e bateu cruzado. Helder Postiga chegou sozinho na área e diminui.

O gol animou Portugal, que pressionou em busca do terceiro. Quando todos imaginavam que o resultado estava garantido para Israel, Coentrão igualou tudo aos 47. Após um cruzamento na área, Hugo Almeida cabeceou na trave e o companheiro pegou o rebote para garantir um ponto aos portugueses na luta por uma vaga na Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário