segunda-feira, 25 de março de 2013

Danny pode ir para a esquerda



As ausências de Ronaldo (castigado) e Nani (lesionado, não tendo sequer sido convocado) vão obrigar Paulo Bento a apresentar uma dupla de extremos absolutamente inédita desde que assumiu o comando técnico da Seleção Nacional no jogo de amanhã.

Depois do que se viu em Telavive, frente a Israel, tudo aponta para que Vieirinha ocupe o lugar que foi de Varela, deixando em aberto a outra vaga que deverá ser preenchida por Danny. O extremo do Zenit, de 29 anos, foi, nos primeiros meses de Paulo Bento, um dos mais utilizados, tendo feito nesse período seis jogos. Mas uma opção pessoal por uma pequena operação antes dos jogos com a Islândia e na Dinamarca, levaram Paulo Bento a não o chamar durante mais de um ano. Regressou frente ao Equador e no cenário atual apresenta-se como opção válida para o flanco esquerdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário