quinta-feira, 7 de junho de 2012


Sindicato dos Jogadores deixa mensagem de confiança à Selecção.

O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) enviou, esta quarta-feira, uma mensagem de total confiança e apoio para os jogadores internacionais portugueses e a toda a estrutura que os acompanha a Selecção Nacional na fase final do Euro 2012.


Na mensagem, o SJPF mostra a sua “confiança num grupo de jovens futebolistas e técnicos. Confiança nos seus defeitos e virtudes. Confiança no seu talento. Confiança na sua força. Confiança na sua capacidade para renovar as nossas ambições. Confiança para encarar o futuro com tranquilidade. Confiança na sua paixão por Portugal.”


O Sindicato dos Jogadores reconhece que o “percurso que os jogadores assinaram nos clubes e na Selecção foi feito por mérito próprio.”


En baixo segue a mensagem na íntegra:
Mensagem para a Selecção Portuguesa
A poucas horas da estreia de Portugal no Campeonato da Europa de 2012, o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol vem por este meio apresentar mensagem de total confiança e apoio para os jogadores
internacionais portugueses e toda a estrutura que os acompanha em mais uma fase final de uma grande competição internacional.


Há quem tenha dúvidas e insista em ressuscitar fantasmas. Nós temos
confiança. Confiança num grupo de jovens futebolistas e técnicos. Confiança nos seus defeitos e virtudes. Confiança no seu talento. Confiança na sua força. Confiança na sua capacidade para renovar as nossas ambições. Confiança para encarar o futuro com tranquilidade. Confiança na sua paixão por Portugal. Não é fáil.


Nada é fácil para este grupo de jovens jogadores e equipa técnica. Mas é da mais elementar justiça reconhecer que o percurso que assinaram nos clubes e na Selecção foi feito por mérito próprio. É a sua força que alimenta o nosso sonho.


O Sindicato dos Jogadores está certo de que o desafio é enorme. Mas está igualmente certo de que estes jovens jogadores e técnicos estão à altura das responsabilidades e saberão honrar a classe, o futebol português e o País.

Nenhum comentário:

Postar um comentário