sábado, 9 de junho de 2012


Paulo Bento (foto ASF)
«Jogar como nunca e perder como sempre não nos agrada» - Paulo Bento.

O selecionador nacional admite que a derrota (0-1) com a Alemanha, no primeiro jogo do Euro-2012, «custou» a aceitar, pelo desempenho que a equipa das “quinas” teve em campo.


«Custou muito, até pela maneira como decorreu o jogo. Sabíamos que ia ser um jogo complicado e equilibrado. Entrámos bem na primeira parte, depois a Alemanha teve mais domínio mas controlámos sobre o ponto de vista defensivo. Na segunda parte, penso que tivemos o jogo controlado mas sofremos o golo num lance em que estávamos bem posicionados mas em que houve um ressalto. Tivemos uma reação fantástica e não perdemos identidade. Fomos mais dominadores e criámos oportunidades para podermos, pelo menos, empatar. Jogar como nunca e perder como sempre não nos agrada. Jogámos bem e não ganhámos. Qualidade e caráter temos é visível. Mentalmente, os jogadores estão bem e vamos à procura da sorte porque ela não vai aparecer se não procurarmos», disse Paulo Bento em conferência de Imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário